Balneários

Arqueologia


Nossa Trip no Amapá de hoje é no Cunani. Muitas pessoas desconhecem a história do pequeno distrito do município de Calçoene, norte do Amapá. O fato é que em 1885 e 1902, tentou-se implantar uma república e a capital desta "república" foi justamente Cunani.


Cunani, que significa Tucunaré, chegou a ter moeda própria (😱!!!) e que hoje vale muito dinheiro entre os colecionadores, se achada. Abaixo deixarei links para você conhecer melhor essa impressionante história do Amapá. 

Os moradores do Cunani são receptivos e gostam de contar as estórias de seus ancestrais. A população vive basicamente da pesca e agricultura. Além disso, há um posto de saúde, escola e pequeno comércio.










Apesar de ser reconhecido como área quilombola, o Cunani no trava uma batalha com o ICMBio, pois a área do Cunani também está dentro do Parque Nacional do Cabo Orange. Em minha opinião a área do Parque que sobrepõe o Cunani deve ser redefinida (pelo tamanho irrisório em relação ao Parque e pelo contexto histórico).

Enfim, se você amapaense ou turista que visita o Amapá,  precisa conhecer o Cunani. É uma aula "presencial do passado"; é sentir-se parte da história.

Conheça a história do Cunani nestes links:


Como chegar


A distância pela estrada entre as cidades de Macapá e Calçoene é de 374 km, pela BR-156. De Calçoene a Cunani são mais 50 km de estrada de terra pela AP -120 até a margem do Rio Cunani A partir dai precisarás de um pouco de coragem, pois o acesso a vila é feita por uma ponte estreita e que balança muito (fui em grupo e só passou um por vez!).






Nenhum comentário:

Postar um comentário